Alteração no horário da biblioteca do CAMVA

dscn0390-1

A Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Vacaria terá seu horário de atendimento alterado na próxima segunda-feira, 18 de dezembro, operando das 13h15min  às 21h.  Na terça-feira, a Setorial volta a funcionar normalmente.

 

 

 

dscn0415

 

Anúncios

Bibliotecas UCS entrarão em férias coletivas

11041538_971749029555237_8613588393886783187_oO Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul entrará em férias coletivas a partir do próximo domingo, dia 24 de dezembro de 2017, retornando com suas atividades na segunda-feira, 29 de janeiro de 2018.

Após o retorno das férias coletivas, as Bibliotecas da UCS vão funcionar em horários diferenciados de atendimento até o dia 28 de fevereiro. Confira abaixo e se mantenha informado:

Biblioteca Central

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, das 8h às 22h, e aos sábados, das 8h às 17h.
  • A partir de 01/03/2018 – De segunda a sexta-feira, das 7h45min às 22h40min, e aos sábados, das 7h45min às 19h.

Biblioteca do Hospital Geral

  • De 08/01/2018 à 22/01/2018 – Férias.
  • De 12/02/2018 à 26/02/2018 – Férias.
  • Nos demais dias – De segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30min e das 12h30min às 18h, e sexta-feira, das 8h às 11h30min e das 12h30min às 17h.

Biblioteca do Programa UCS Línguas Estrangeiras

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a quinta-feira, das 11h às 15h e das 16h às 19h30min e sexta-feira, das 12h30min às 15h e das 16h às 19h30min
  • A partir de 01/03/2018 – segunda a quinta-feira, das 12h30min às 16h e das 17h às 21h, e sexta-feira, das 13h30min às 16h e das 17h às 20h.

Biblioteca Setorial do Campus 8

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.
  • A partir de 01/03/2018 – De segunda a sexta, das 9h às 12h e das 13h às 22h20min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário da Região dos Vinhedos

  • Em 29/01/2018 – De segunda a sexta-feira, das 7h45min às 11h25min e das 13h25min às 22h25min, e aos sábados, das 7h45min às 11h30min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário da Região das Hortênsias
A partir de 29/01/2018 – De segunda a sexta-feira, das 13h30min às 22h30min, e aos sábados, das 8h às 12h.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Farroupilha

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, da  13h30min às 17h30
  • A partir de 01/03/2018 – De segunda a sexta-feira, das 18h às 22h30min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Guaporé

  • De 24/12/2017 a 28/01/2018 – Férias coletivas.
  • A partir de 29/01/2018 – De segunda a sexta-feira, das 13h30min às 16h30min e das 17h30min às 22h30min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Nova Prata

 – De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, das 9h30min às 12h30min e das 13h30min às 22h30min.

– A partir de 29/01/2018 – De segunda a sexta-feira, das 13h30min às 22h30min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Vacaria 

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, das 8h15min às 11h15min e das 12h15 às 18h15min.
  • A partir de 01/03/2018 – De segunda a sexta-feira, das 13h15min às 22h30min.

Biblioteca Setorial do Campus Universitário do Vale do Caí

  • De 29/01/2018 a 28/02/2018 – De segunda a sexta-feira, da  8h às 11h30 e das 13h30min às 18h
  • A partir de 01/03/2018 – De segunda a sexta-feira, das 13h30min às 22h30min.

 

UCS celebra Natal em Família no próximo sábado

A Universidade de Caxias do Sul celebra no próximo sábado o espetáculo Natal em Família na UCS, a partir das 20 horas, no Centro Cívico do Campus-Sede.

Esta será a quarta edição do evento, que marcará o fim das festividades dos cinquentenário de fundação da UCS. Neste ano, o Natal em Família contará com o tradicional concerto da Orquestra Sinfônica da UCS, regência do maestro Manfredo Schmiedt e solos de Suellen Matter e de Ricardo Barpp, juntamente com o Coro da UCS, o Coro Sinfônico da OSPA e o Coro Juvenil do Moinho.

As apresentações serão seguidas do Alto Natal pelo grupo de teatro Quiquiprocó e além disso, o evento contará com a presença do Papai Noel e um espetáculo pirotécnico. O Natal em Família na UCS é aberto a toda comunidade e tem entrada gratuita. Em caso de chuva, o evento será transferido para o UCS Teatro, também com entrada livre, de acordo com a capacidade do local.

Foto: Lais Dal Picolli

Professores lançam, pela EDUCS, “Museu de Ciências Naturais: colorindo a natureza”

A Editora da Universidade de Caxias do Sul (EDUCS) lança o livro Museu de Ciências Naturais: colorindo a natureza. A obra, de 144 páginas, é de autoria dos biólogos Wilson Sampaio de Azevedo Filho, Adriana Tolotti e Janete Maria Scopel, e da engenheira agrônoma Luciana Scur.

Ele apresenta informações sobre a estrutura e atividades do Museu de Ciências Naturais da UCS, assim como caracterizações gerais de diferentes temas da natureza. Além disso, conta ilustrações confeccionadas com técnicas de nanquim que poderão ser coloridas pelo leitor, elas são fornecidas completas e impressas nas páginas do livro, conforme a temática definida pelas áreas de atuação do museu (Botânica, Zoologia e Geociências). Assim, caberá ao leitor apenas preenchê-las com as cores desejadas.

Este material didático está direcionado a atividades de ensino que utilizam como ferramenta o ato de colorir. As atividades de desenho para colorir são utilizadas em várias áreas de forma didática, como Anatomia, Fisiologia, Microbiologia.

Empréstimo Especial de Férias inicia nesta segunda-feira

2017-2018 EMPRÉSTIMO ESPECIAL DE FÉRIAS 1080x1080px.pngInicia hoje, segunda-feira, para o restante da comunidade acadêmica (alunos de graduação, funcionários e alunos do CETEC) o Empréstimo Especial de Férias. Este tipo de empréstimo permite que todos os usuários de todas as categorias possam retirar até 25 exemplares para cada tipo de material, com data de devolução prevista para o dia 12 de março de 2018, sem a necessidade renovação durante este período. 

Dúvidas? Basta entrar em contato pelo fone (54) 3218-2173, pelo e-mail bice@ucs.br ou pelas nossas redes sociais.

Conheça a obra rara Aventuras de Robinson de Crusoé

sistema-de-bibliotecas-ucs-seo-de-obras-raras-aventures-de-robinson-cruso-1-638.jpg

Aventuras de Robinson de Crusoé é mais uma obra rara do Acervo do Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul. A obra de Daniel Defoe, que data o ano de publicação em 1811, tem quatro tomos distribuídos em dois volumes. Suas obras foram versáteis, abordando temas como história, poema, romance, biografia, etc.

O livro é uma autobiografia fictícia do personagem-título, um náufrago que passou 28 anos em uma remota ilha desabitada e que usa de suas destrezas para sobreviver. Aventuras de Robinson de Crusoé  pertence ao acervo de Coleções Especiais da UCS, de Victorino Felix Sanson. Saiba mais acessando o link.

40 anos sem Clarice Lispector: Vida e obra da autora

ClariceLispector_LI-0036_1920x1080.jpg

Nascida Haia Pinkhasovna Lispector, na cidade de Tchetchelnik, na Ucrânia, Clarice e sua família emigraram para o Brasil em 1922, quando a escritora tinha apenas dois anos. Chegando ao Brasil, por iniciativa de seu pai, todos os integrantes mudaram de nome, daí “nasceu” Clarice Lispector.

Em 1925 muda-se com a família para a cidade de Recife-PE, onde Clarice passa sua infância. Aprendeu a ler e escrever muito nova. Estudou inglês e francês e cresceu ouvindo o idioma dos seus pais: o iídiche. Com 19 anos publica seu primeiro conto “Triunfo”. Em 1943 forma-se em Direito e nesse mesmo ano estreou na literatura com o romance “Perto do Coração Selvagem”, que retrata uma visão interiorizada do mundo da adolescência e teve calorosa acolhida da crítica, recebendo o Prêmio Graça Aranha.

Em 1960 trabalha no Diário da Noite com a coluna “Só Para Mulheres” e nesse mesmo ano lança “Laços de Família”, livro de contos que recebeu o Prêmio Jabuti. Em 1961 publica “A Maçã no Escuro” pelo qual recebe o prêmio de melhor livro. Passa a integrar o Conselho Consultivo do Instituto Nacional do Livro. E em 1969 já tinha perto de doze volumes publicados e recebeu o prêmio do X Concurso Literário Nacional de Brasília.

Em 1977 Clarice escreveu um dos mais famosos romances, “A Hora da Estrela”, que foi adaptado ao cinema na década de 80. Clarisse Lispector morre neste mesmo ano, vítima de câncer, um dia antes de completar 57 anos.

Confira alguns dos livros da escritora disponíveis  nas Bibliotecas UCS:

  • Água Viva: 821.134.3(81)-31 L771a
  • A Bela e a Fera: 821.134.3(81)-34 L771b
  • A Cidade Sitiada: 821.134.3(81)-31 L771c
  • Felicidade Clandestina: 821.134.3(81)-34 L771f
  • A Hora da Estrela: 821.134.3(81)-31 L771h
  • Laços de Família: 821.134.3(81)-34 L771L

 

Fonte: Editora Rocco / E-biografia 

 

Conheça a Coleção Especial Fernando Octavio Assunção

IMG_20170914_100929407Fernando Octavio Assunção (1931-2006) foi historiador, antropólogo, museólogo, bibliógrafo e escritor, tendo sido um dos mais notáveis estudiosos do folclore e nativismo da América do Sul. Conhecedor de cinco idiomas, foi artista plástico e amante da música e da poesia. Tendo como parceira sua esposa, Margarita Corallo, Fernando Assunção estudou a dança tradicional rio-pratense, tendo dedicado várias obras ao tema dos bailes campesinos. Foi, ainda, diretor do curso de Pós-Graduação da Universidade Nacional de Córdoba e professor convidado da Universidade Nacional de Rosário.

A coleção especial Fernando Octavio Assunção foi adquirida em 1999, e reúne documentos históricos de grande valor, cujo teor, em especial, refere-se à relação de Portugal com suas colônias. Contabiliza cerca de 170 títulos (635 exemplares), destacando-se o elevado percentual de obras de tiragem reduzida e com encadernações especiais e de luxo, como é o caso de Disegni di Portinari, obra ricamente ilustrada com tiragem limitada, numerada, assinada pelo autor e com dedicatória manuscrita do historiador.

As obras fazem parte do acervo de Coleções Especiais  e estão disponíveis para consulta local, na Biblioteca Central da UCS, no Campus Sede.

 

Book Jar: Retire um papel e ganhe uma sugestão literária

1.jpg

A Biblioteca Central da Universidade de Caxias do Sul traz mais uma novidade para a comunidade acadêmica: É o Book Jar! O Book Jar é um pote localizado no balcão de empréstimo da biblioteca, com diversos papeizinhos dentro; cada papel contém uma cor e cada cor representa um gênero literário. Ao escolher o gênero, você pega o papel e nele estará uma indicação literária, com o autor e o número de chamada do livro.

Venha até a Biblioteca Central e participe!

 

Biblioteca do CAMVA não funcionará nesta sexta-feira

dscn0415.jpgA Biblioteca Setorial do Campus Universitário de Vacaria não terá expediente nesta sexta-feira, 08 de dezembro, devido ao feriado municipal de Nossa Senhora da Oliveira. A Biblioteca retorna ao seu horário normal de atendimento na segunda-feira, 11 de dezembro.

Produção do verso, errata e folha de aprovação em Trabalhos Acadêmicos

No último post sobre a elaboração de trabalhos acadêmicos, iniciamos a parte que trata sobre os elementos pré-textuais e hoje, damos prosseguimento a eles:

3.2.1.1.2 Verso

Contém a ficha catalográfica que constitui-se de um conjunto de informações bibliográficas descritas de forma ordenada, seguindo o Código de Catalogação Anglo Americano (CCAA) vigente e deve ser inserida no verso da folha de rosto. Cabe lembrar que a obrigatoriedade é somente para dissertações e teses. A elaboração da ficha catalográfica, Figura 9, pode ser realizada através do link:  https://www.ucs.br/site/ficha-catalografica/ficha/

Sem título

3.2.1.2 Errata

Elemento opcional que se apresenta em papel avulso ou encartado, sendo anexado à obra depois de impresso. Consiste em uma lista de erros tipográficos ou de outra natureza, com as devidas correções e indicações das folhas e linha em que aparecem, conforme demonstra o exemplo da Figura 10. Deve ser inserida logo após a folha de rosto. O título deve ser centralizado, negrito, maiúsculo e com fonte 12. Os elementos devem ser escritos na fonte 12, sem negrito.

Sem título.jpg

3.2.1.3 Folha de aprovação

A folha de aprovação, Figura 11, é um elemento obrigatório. Deve conter os mesmos elementos da folha de rosto, com o acréscimo da data de aprovação e a nominata dos membros da banca examinadora, com a respectiva titulação e instituição a qual está vinculado. Também deve constar espaço para a coleta de assinatura dos componentes da banca, após aprovação, conforme os critérios:

a) nome do autor: fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado, disposto na margem superior;

b) título do trabalho: fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado;

c) subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos, evidenciando a sua subordinação ao título (fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado);

d) natureza: fonte 12, espaçamento simples, sem negrito, alinhado do meio da página para a margem direita justificado, contendo as informações:
− tipo do trabalho (tese, dissertação, TCC, trabalho acadêmico de sala de aula);
− objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido, outros);
− nome da instituição a que é submetido;
− área de concentração;

e) expressão “Aprovado(a) em” seguida da data (dia, mês e ano): fonte 12, negrito, alinhado do meio da página para a margem direita, separado da natureza do trabalho por dois espaços simples;

f) expressão “Banca Examinadora”: fonte 12, negrito, abaixo da expressão “Aprovado(a) em”, rente à margem esquerda;

g) membros da banca: primeiramente deve constar o nome do orientador, posteriormente os demais membros da banca, com a respectiva credencial e titulação (Ex.: Prof. Dr.)

Na próxima postagem, trataremos sobre a Dedicatória, Agradecimentos e Epígrafe. O Guia de Elaboração de Trabalhos Acadêmicos completo, está disponível no site das Bibliotecas UCS.

Bibliotecas de CFAR e CAHOR tem horário de atendimento alterado

O Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul informa que a partir desta quarta-feira, 06 de dezembro, as Bibliotecas Setoriais dos Campi Universitários de Farroupilha e da Região das Hortênsias, terão seus horários de expediente alterados até o final do ano acadêmico, 23 de dezembro.

CFAR: De segunda a sexta-feira, das 18h às 22h30min

CAHOR: De segunda a sexta-feira, das 13h30min às 17h e das 18h às 22h30min, e aos sábados das 09h30min às 12h.

Dúvidas basta entrar em contato através de uma de nossas redes sociais ou pelo e-mail, bice@ucs.br

Tudo o que você precisa saber sobre o empréstimo especial de férias

img_20161202_1034294361.jpgO Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul, pelo terceiro ano consecutivo, lança a campanha Empréstimo Especial de Férias. Ela iniciou nesta segunda-feira, 04 de dezembro, para professores e alunos de pós graduação, mestrado e doutorado, e no dia 11 de dezembro, aos usuários das demais categorias, finalizando em 05 de março de 2018.

Além disso, todos os usuários poderão retirar 25 exemplares para cada tipo de material do acervo, e todos os empréstimos realizados terão sua data de devolução prevista para 12 de março de 2018, sem a necessidade de renovação durante este período.

Dúvidas? Basta entrar em contato pelo fone (54) 3218-2173, pelo e-mail bice@ucs.br ou pelas nossas redes sociais.

 

 

Biblioteca do CAMVA terá horário de atendimento alterado nesta quinta-feira

dscn0390-1.jpgO Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul informa que na próxima quinta-feira, 07 de dezembro, a Biblioteca Setorial do Campus de Vacaria vai operar em horário diferenciado de atendimento, sendo este das 13h15min às 16h30min e das 17h45min às 22h30min. E na sexta-feira, dia 08, a Setorial não terá expediente, devido ao feriado municipal, em Vacaria. Na segunda-feira, dia 11 de dezembro, a Biblioteca funciona normalmente.

Confira a agenda de Extensão do mês de dezembro

Os cursos de extensão oferecidos pela Universidade de Caxias do Sul são uma excelente oportunidade de aprimorar o seu currículo e ampliar o conhecimento na sua área de aprendizagem. Neste mês de dezembro, a UCS oferece cursos em todas as áreas do conhecimento, confira abaixo o cronograma completo de atividades.

Para saber mais sobre inscrições, datas e horários, basta entrar em contato com a Central de Atendimento pelo fone (54) 3218-2145 ou pelo e-mail extensaocursos@ucs.br

unnamed.jpg

 

Saiba como produzir folha de rosto e anverso de trabalhos acadêmicos

Dando continuidade aos nossos estudos de como elaborar trabalhos acadêmicos, hoje vamos falar dos elementos pré-textuais, que compreendem a parte que antecede o texto e têm informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho. Devido a grande quantidade de elementos existentes, vamos dividi-los em partes:

3.2.1.1 Folha de rosto
Elemento obrigatório contendo os dados essenciais para a identificação do trabalho. Está dividido em anverso e verso, como segue.

3.2.1.1.1 Anverso
A folha de rosto, Figura 8, deve conter os mesmos elementos da capa, acrescidos de informações complementares necessárias à perfeita identificação do trabalho, na seguinte ordem:
a) nome do autor: fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado, disposto na margem superior;

b) título do trabalho: fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado, disposto no
centro da página;

c) subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos, evidenciando a sua subordinação ao título (fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado);
d) número de volumes: se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume (fonte 12, palavra volume com a inicial maiúscula ou abreviado (Vol.), seguido do numeral arábico, logom após o título do trabalho);

e) natureza: fonte 12, espaçamento simples, sem negrito, alinhado do meio da página para a margem direita justificado, contendo as informações:
− tipo do trabalho (tese, dissertação, TCC, trabalho acadêmico de sala
de aula);
− objetivo (aprovação em disciplina, grau pretendido, outros);
− nome da instituição a que é submetido;
− área de concentração;

f) nome do orientador: precedido da palavra “Orientador”, seguido pela titulação abreviada e pelo nome do professor (fonte 12, espaçamento 27 simples, alinhado do meio da página para a margem direita, separado da natureza do trabalho por um espaço simples);

g) nome do coorientador: se houver, deve ser precedido da palavra “Coorientador” seguido pela titulação abreviada e pelo nome do professor (fonte 12, espaçamento simples, alinhado do meio da página para a margem direita, logo abaixo da identificação do orientador);

h) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado: no caso de cidades homônimas recomenda-se o acréscimo da sigla da unidade da federação (fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado);

i) ano de entrega: fonte 12, maiúscula, negrito, centralizado, disposto na margem inferior.

Sem título.jpg

No próximo post vamos tratar sobre o verso, a errata e a folha de aprovação. Continue seguindo nossas redes sociais e mantenha-se bem informado. E o Guia de Trabalhos Acadêmicos completo está disponível no site das Bibliotecas UCS.

 

Biblioteca Central recebe decoração natalina

A Biblioteca Central da Universidade de Caxias do Sul já está no clima de Natal. Durante a última semana, os colaboradores da Biblioteca se empenharam na decoração que deixou a BICE ainda mais bonita. Confira abaixo como ficou! Mas antes disso, você sabe quando e onde surgiu a tradição do Natal?

NATAL 

A história do Natal começa, na verdade, pelo menos 7 mil anos antes do nascimento de Jesus. É tão antiga quanto a civilização e tem um motivo bem prático: celebrar o solstício de inverno, a noite mais longa do ano no hemisfério norte, que acontece no final de dezembro. É o ponto de virada das trevas para luz: o “renascimento” do Sol. Num tempo em que o homem deixava de ser um caçador errante e começava a dominar a agricultura, a volta dos dias mais longos significava a certeza de colheitas no ano seguinte. Foi somente no século 4 d.c., com a oficialização do cristianismo como religião, que deixou-se de adorar o Deus Mitra, em 25 de dezembro, para celebrar o nascimento de Jesus Cristo, tradição esta que foi se espalhando pelo mundo ao longo dos séculos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Livros mais emprestados do mês de novembro

Mais emprestados (3).png

Mais emprestados (4).png

EDUCS lança obra ‘Processo de Industrialização da Zona Colonial Italiana’

A Editora da Universidade de Caxias do Sul (EDUCS) e a autora Vania Beatriz Merlotti Herédia lançam o livro Processo de Industrialização da Zona Colonial Italiana. O lançamento se dá no próximo sábado, 02 de dezembro, as 10h, no Instituto Hércules Galló, localizado na BR 116, 1579 – Galópolis – Caxias do Sul.

processo-ind.jpg

A indústria têxtil na zona de colonização italiana do Rio Grande do Sul foi um modelo exitoso por ser uma das primeiras grandes indústrias da região. Sua história remete a saga dos italianos que foram expulsos, no final do século XIX, da maior indústria de lã italiana, localizada na cidade de Schio, na Província de Vicenza. Devido a conflitos laborais, muitos operários daquela indústria foram obrigados a emigrar e escolheram o Brasil como destino. A história do Lanifício São Pedro, que tem origem sob a administração desses operários provindos de Schio, passa por diversas formas de administração e no final do século XX, retorna ao domínio dos operários, sob forma de cooperativa. A trama que tece as relações costuradas nessa história evidencia a força da cultura fabril, do operariado étnico e do sentimento de pertença que os une e que está presente na memória coletiva.

Conheça a Coleção Especial Oswaldo Fernandes Vergara

OFV.jpg

Oswaldo Fernandes Vergara (1883-1973) frequentou a Faculdade de Direito de Porto Alegre e formou-se na notória turma de 1907, na qual teve como colega, entre outros, Getúlio Vargas. Enquanto estudava, lecionava português e francês na Escola Brasileira, onde atuou até o início dos anos 20. Nessa época, escreveu algumas obras sobre Filologia e Português. Após sua formatura, enquanto iniciava sua longa carreira de advogado, foi delegado de Polícia.

Filólogo, jurista e advogado de projeção, foi ainda diretor da Revista Jurídica de Porto Alegre e membro da Academia Rio-Grandense de Letras, 1ª fase. No jornal O Diário, de Porto Alegre, foi responsável pela coluna Filologia, assinando seus trabalhos sob o pseudônimo de Nuno Álvares.

Acervo: A coleção, composta por 3.660 títulos (cerca de 7.750 exemplares), foi formada ao longo de sua vida como advogado, intelectual e político. A riqueza de sua trajetória profissional, bem como a diversidade de seus interesses culturais, determinou o perfil do acervo, que conta não somente com literatura jurídica, mas também com várias publicações e coleções sobre Literatura e História. Adquirida pela UCS em 1999, a coleção reúne, ainda, grande número de periódicos e documentos da história parlamentar do Rio Grande do Sul.

Foto: Foto Apolo