Campanha “Troque sua multa por um agasalho”, últimos dias para participar

agasalho-web-5 (1)

Está é a última semana para participar da campanha das Bibliotecas da UCS “Troque sua multa por agasalho”, a ação que objetiva a promoção da solidariedade, ajudar ás famílias carentes e também, a quitação dos débitos com multas de livros, se encerra na próxima sexta-feira, dia 30 de junho.

COMO FUNCIONA? 

Durante o período de 05 a 30 de junho às multas geradas por atraso nas devoluções de obras do Sistema de Bibliotecas poderão ser quitadas ou receber desconto através de doação de agasalhos. Para participar o usuário deverá comparecer às Bibliotecas do Sistema UCS com as peças de roupas, novas ou em bom estado de conservação, que serão trocadas pelo valor do desconto da multa conforme descrito na tabela de troca a seguir:

ITENS VALOR DA MULTA
Cobertor e mantas Até R$ 40,00
Peças de vestuário adulto (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 20,00
Peças de vestuário infantil (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 15,00
Acessório (meias novas, par de luvas, gorro e cachecol) Até R$ 10,00

* Os valores são cumulativos.

QUEM PODE RECEBER O DESCONTO? 

APENAS as pessoas que doarem agasalhos para quitar o débito dos materiais em atraso durante o período da campanha.

QUEM NÃO PARTICIPA? 

Pessoas que já possuem multas ou boletos pendentes, ou seja, que já devolveram os materiais antes do período da campanha, mas ainda não quitaram as multas.

E como nosso objetivo principal é a solidariedade, as Bibliotecas também receberão doações espontâneas. O inverno está chegando, participe!

Confira o regulamento da campanha

Na sua 25ª edição, Encontro de Jovens Pesquisadores recebe inscrições de trabalhos

logo.png

Realizado anualmente, o Encontro de Jovens Pesquisadores da UCS é o evento que congrega todos os estudantes envolvidos em atividades de iniciação científica e tecnológica que, juntamente com seus orientadores, apresentam e discutem com seus pares os resultados das pesquisas que realizam.

Os programas de iniciação científica e tecnológica estão articulados às atividades de pesquisa, inovação e desenvolvimento tecnológico, o que favorece a participação do acadêmico em um conjunto de atividades que o estimulam a pensar criticamente e a exercitar sua capacidade criadora e inovadora, despertando sua vocação científica, ainda no decorrer da graduação.

Simultaneamente ao XXV Encontro de Jovens Pesquisadores, será realizada a VII Mostra Acadêmica de Inovação e Tecnologia, uma recomendação do CNPq que visa destacar a produção dos estudantes que atuam em projetos de inovação e tecnologia. Inscrições. As inscrições de trabalhos no XXV Encontro de Jovens Pesquisadores e na VII Mostra Acadêmica de Inovação e Tecnologia podem ser efetuadas até as 24 horas do dia 21 de julho de 2017 e as apresentações dos trabalho ocorre nos dias 17 e 18 de outubro.

Para Acadêmicos da UCS as inscrições podem ser realizadas através do link. 

A regulamento detalhado, as opções de projeto e demais informações, estão disponíveis no endereço: http://jovenspesquisadores.com.br/evento#new_tab – Acesse e participe!

Biblioteca do CAMVA opera em horário especial nesta quarta-feira

dscn0390 (1).jpg

Devido ao programa #VEMPRAUCS, onde estudantes do Ensino Médio visitam os Campi da Universidade, a Biblioteca do Campus de Vacaria vai operar em horário diferenciado na próxima quarta-feira, dia 21 de junho:

  • 8h15min às 11h30min;
  • 13h15min às 16h30min;
  • 17h45min às 22h30min.

Na quinta-feira (22), a setorial retorna com seu horário de funcionamento normalmente.

Confira 10 excelentes motivos pelos quais você deveria ler todos os dias

5-mitos-e-verdades-sobre-o-habito-de-leitura-no-brasil-770x514.jpeg

Livros com histórias envolventes são capazes de desligar você do mundo ao redor, fazendo com que sua atenção esteja inteiramente voltada para o que acontece na trama.

Não é raro ouvir entre os mais jovens, reclamações sobre a obrigatoriedade da leitura, mesmo que algumas histórias surpreendam por atrair o interesse. Contudo, estabelecer o hábito da leitura pode trazer diversos benefícios para a vida, tanto no mundo acadêmico quanto na carreira. Confira a seguir 10 motivos pelos quais você deveria ler todos os dias:

1. Estímulo mental
O cérebro necessita treinamento para se manter forte e saudável e a leitura é uma ótima maneira de estimular a mente e mantê-la ativa. Além disso, estudos mostram que os estímulos mentais desaceleram o progresso de doenças como demência e Alzheimer.

2. Redução do estresse
Quando você se insere em uma nova história diferente da sua, os níveis de estresse que você viveu no dia são diminuídos radicalmente. Uma história bem escrita pode transportá-lo para uma nova realidade, o que vai distraí-lo dos problemas do momento.

3. Aumento do conhecimento
Tudo o que você lê é enviado para o seu cérebro com uma etiqueta de “novas informações”. Mesmo que elas não pareçam tão essenciais para você agora, em algum momento elas podem ajudá-lo, como em uma entrevista de emprego ou mesmo durante um debate em sala de aula.

4. Expansão de vocabulário
A leitura expõe você a novas palavras que inevitavelmente elas serão incluídas no seu vocabulário. Conhecer um número grande de palavras é importante porque permite que você seja mais articulado em seus discursos, de maneira que até mesmo a sua confiança será impulsionada.

5. Desenvolvimento da memória
Quando você lê um livro (especialmente os grandes) precisa se lembrar de todos os personagens, seus pontos de vista, o contexto em que cada um está inserido e todos os desvios que a história sofreu. A boa notícia é que você pode utilizar isso a seu favor, fazendo dos livros um treino para a sua memória. Guardar essa quantidade de informações faz com que você esteja mais apto para se lembrar de eventos cotidianos.

6. Habilidade de pensamento crítico
Já leu um livro que prometia um mistério confuso e acabou por desvendá-lo antes mesmo do meio da história? Isso mostra a sua agilidade de pensamento e suas habilidades de pensamento crítico. Esse tipo de talento também é desenvolvido por meio da leitura. Portanto, quanto mais você lê, mais aumenta sua habilidade de estabelecer conexões.

7. Aumento de foco e concentração
O mundo agitado de hoje faz com que sua atenção seja dividida em várias partes, de modo que manter-se concentrado em apenas uma tarefa torna-se um desafio. Contudo, livros com histórias envolventes são capazes de desligar você do mundo ao redor, fazendo com que sua atenção esteja inteiramente voltada para o que acontece na trama. Embora você não perceba, esse tipo de exercício ajuda você a se concentrar em outras ocasiões, como quando precisa finalizar um projeto urgente.

8. Habilidades de escrita
Esse tipo de habilidade anda lado a lado com a expansão do seu vocabulário. Assim como a leitura permite a você ser alguém mais articulado na fala, também vai ajuda-lo a colocar com mais clareza os seus pensamentos no papel. Isso vai dar a você a chance de produzir textos com mais qualidade, não apenas de vocabulário, como também correção gramatical e ideias mais ricas.

9. Tranquilidade

O fato de envolver você em uma história e livrá-lo do estresse cotidiano faz do livro uma ótima ferramenta para alcançar a paz interior. Nos momentos de estresse, procure se distrair do que acontece com uma história que atrai seu interesse. Isso vai acalmá-lo e ajudá-lo a melhorar seu humor.

10. Entretenimento a baixo custo
Muitas pessoas acreditam que o conceito de diversão está diretamente ligado aos altos custos de uma viagem ou mesmo de uma festa. Contudo, se você encontrar um livro que chame a sua atenção, poderá viajar sem sair da sua casa. E se você acha que os preços cobrados por um livro também são abusivos, pode baixar lá no Universia mais de 1.000 títulos gratuitamente.

Fonte: Livros e Pessoas 

Programa Quinta Sinfônica traz o concerto “Tropicália”

claudia-velho_1156_0.jpg

A Universidade de Caxias do Sul apresenta mais uma edição da Quinta Sinfônica, que traz a público o concerto Tropicália, sob regência do maestro Manfredo Schmiedt e dos solistas convidados Cibele Tedesco, Tita Sachet, Mozer de Oliveira e Rafa Gubert. A apresentação ainda traz a narração do roteirista do concerto Nivaldo Pereira e participação especial do Coro da UCS, com a regência de Anita Campagnolo e técnica vocal de Ricardo Barpp.

Composições de grandes nomes da música brasileira como Cazuza, Chico Buarque, Gilberto Gil, Roberto Carlos, Vinícius de Moraes, entre outros, integrarão o repertório da Quinta Sinfônica, que chega para sua quarta edição nesta quinta-feira, 15 de junho, às 20h30min; os ingressos custam 10 reais para o público em geral e 5 reais para sênior e estudantes, e estão disponíveis na Loja UCS Store, na Galeria Universitária, e na Livraria do Maneco, no centro.

Concerto abre Congresso

A apresentação da Orquestra também marca a abertura do Congresso de Ciências da Comunicação da Região Sul, o INTERCOM SUL, que reunirá dos dias 15 a 17, mais de dois mil estudantes, professores, pesquisadores da área da Comunicação. Além disso, o concerto “Tropicália” completa 10 anos, coincidindo com os 50 anos da UCS e também os 50 anos do movimento Tropicália ou Tropicalismo.

Foto: Cláudia Velho

Feriadão nas Bibliotecas UCS

empréstimo (7).png

Por conta do feriado de Corpus Christi, o Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul não terá expediente na próxima quinta, sexta-feira e sábado, dias 15, 16 (feriado universitário) e 17 de junho (feriado universitário). As atividades serão retomadas normalmente na segunda-feira, dia 19.

Desejamos a todos um excelente feriado!

No dia dos namorados, veja 5 sugestões de livros que falam de amor

amor1-1.jpg

Hoje é segunda-feira, 12 de junho, Dia dos Namorados. No Brasil, o dia teve uma origem comercial, em 1948, quando a rede de lojas Clipper percebeu que durante o mês de junho sempre ocorria uma queda nas vendas relacionada à ausência de uma data comemorativa no mês. Para reverter essa situação, a empresa contratou o publicitário João Dória (pai do atual prefeito de SP, João Dória), que teve a ideia de copiar o Valentine’s Day. Mas a data não foi escolhida por acaso. Por aqui, as mulheres, esperançosas na busca de um amor, homenageiam o Santo Antônio, o “santo casamenteiro”, no dia 13 de junho, então a escolha do Dia dos Namorados ficou para um dia antes destas homenagens ao santo do amor. A estratégia de Dória surtiu efeito com o slogan “não é só com beijos que se prova o amor”, o que alavancou as vendas da loja e criou a tradicional troca de presentes da data.

Fonte: Infoescola

Aproveitando a data, reunimos cinco sugestões literárias que trazem histórias fascinantes de amor, bem-vindas não apenas hoje, mas a qualquer hora. Venha até as Bibliotecas UCS e retire o seu! =)

PORTO SEGURO – Nicholas Sparks ( 821.111(73)-31 S736p)

MARTE.jpgQuando uma mulher misteriosa chamada Katie aparece repentinamente na pequena cidade de Southport, na Carolina do Norte, questionamentos são levantados sobre seu passado. Linda, mas discreta, Katie parece evitar laços pessoais formais até uma série de eventos levá-la a dois relacionamentos relutantes: um com Alex, o viúvo com um coração maravilhoso e dois filhos pequenos, o outro com sua vizinha muito franca, Jo. Apesar de ser reservada, Katie começa a baixar a guarda lentamente, criando raízes nessa comunidade solícita e tornando-se próxima demais de Alex e de sua família. No entanto, quando Katie começa a se apaixonar, ela se depara com o segredo obscuro que ainda a assombra e a amedronta: o passado que a deixou apavorada e a fez cruzar o país para chegar no paraíso de Southport. Com o apoio simpático e insistente de Jo, Katie percebe que deve escolher entre uma vida de segurança temporária e outra com recompensas mais arriscadas… e que, no momento mais sombrio, o amor é seu único refúgio.

 

SIMPLESMENTE ACONTECE – Cecelia Ahern (821.111(415)-31 A285s)

download (2).pngO que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas?  Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos.  Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

 

UM DIA– David Nicholls  (821.111-31 N613d)

download (9).jpg Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas — vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

 

O LADO BOM DA VIDAMatthew Quick (821.111(73)-31 Q6L)

download (10).jpgPat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um ‘tempo separados’. Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.  Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez.

 

COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ– Jojo Moyes  (821.111-31 M938c)

download (3).pngAos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

 

 

Feriado nas Bibliotecas de Bento Gonçalves e Guaporé

f (1).jpg
Foto:  Biblioteca do CARVI

Em virtude do feriado de Santo Antônio, feriado municipal nas cidades de Bento Gonçalves e Guaporé, as Bibliotecas do Campus do Vale dos Vinhedos e do Campus de Guaporé não terão atendimento no dia 13 maio, terça-feira. As unidades retornam normalmente com suas atividades na quarta-feira, dia 14.

 

 

 

 

 

 

 

 

Começa hoje a campanha “Troque sua multa por agasalho”

agasalho-web-5 (1)

Começa hoje nas Bibliotecas UCS a campanha “Troque sua multa por agasalho”. Ação esta, que objetiva a promoção da solidariedade, ajudar ás famílias carentes e também, a quitação dos débitos com multas de livros.

COMO FUNCIONA? 

Durante o período de 05 a 30 de junho às multas geradas por atraso nas devoluções de obras do Sistema de Bibliotecas poderão ser quitadas ou receber desconto através de doação de agasalhos. Para participar o usuário deverá comparecer às Bibliotecas do Sistema UCS com as peças de roupas, novas ou em bom estado de conservação, que serão trocadas pelo valor do desconto da multa conforme descrito na tabela de troca a seguir:

ITENS VALOR DA MULTA
Cobertor e mantas Até R$ 40,00
Peças de vestuário adulto (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 20,00
Peças de vestuário infantil (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 15,00
Acessório (meias novas, par de luvas, gorro e cachecol) Até R$ 10,00

* Os valores são cumulativos.

QUEM PODE RECEBER O DESCONTO? 

APENAS as pessoas que doarem agasalhos para quitar o débito dos materiais em atraso durante o período da campanha.

QUEM NÃO PARTICIPA? 

Pessoas que já possuem multas ou boletos pendentes, ou seja, que já devolveram os materiais antes do período da campanha, mas ainda não quitaram as multas.

E como nosso objetivo principal é a solidariedade, as Bibliotecas também receberão doações espontâneas. O inverno está chegando, participe!

Confira o regulamento da campanha

Projeto Estante Sugestão Literária: Encontro às cegas

unnamed (1).jpg

A Biblioteca Central da UCS está de volta com o projeto “Encontro às cegas com o livro”. A ideia consiste em diferentes obras disponibilizadas na Estante de Sugestões Literárias da Biblioteca, entretanto, o livro é embalado em papel pardo, no qual não é possível conhecer o título ou o autor, e sim, apenas algumas dicas sobre o enredo escrito no papel.

E para que a revelação do título seja feita apenas depois de retirados, os livros terão etiquetas com códigos do lado de fora da embalagem, assim, evita que se descubra a identidade das obras antes de efetuado o empréstimo.

A ação proposta e desenvolvida pelas bibliotecárias Carolina Meroni e Carolina Quadros, chegou a ser matéria do Jornal Pioneiro  em 2016, tamanha aceitação da comunidade acadêmica. Neste ano, a ação inicia nesta quinta-feira (1) e se estende até o 12 de junho.  Participe!

 

 

Campanha das Bibliotecas UCS “Troque sua multa por agasalho”

agasalho-web-5 (1)

O Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul apresenta a toda a comunidade acadêmica a “Campanha do Agasalho 2017 – Troque sua multa por agasalho”.

Confira abaixo os detalhes desta ação, que objetiva a promoção da solidariedade, ajudar ás famílias carentes e também, a quitação dos débitos com multas de livros:

COMO FUNCIONA? 

Durante o período de 05 a 30 de junho às multas geradas por atraso nas devoluções de obras do Sistema de Bibliotecas poderão ser quitadas ou receber desconto através de doação de agasalhos. Para participar o usuário deverá comparecer às Bibliotecas do Sistema UCS com as peças de roupas, novas ou em bom estado de conservação, que serão trocadas pelo valor do desconto da multa conforme descrito na tabela de troca a seguir:

ITENS VALOR DA MULTA
Cobertor e mantas Até R$ 40,00
Peças de vestuário adulto (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 20,00
Peças de vestuário infantil (casaco, blusão, calça, moletom) Até R$ 15,00
Acessório (meias novas, par de luvas, gorro e cachecol) Até R$ 10,00

* Os valores são cumulativos.

QUEM PODE RECEBER O DESCONTO? 

APENAS as pessoas que doarem agasalhos para quitar o débito dos materiais em atraso durante o período da campanha.

QUEM NÃO PARTICIPA? 

Pessoas que já possuem multas ou boletos pendentes, ou seja, que já devolveram os materiais antes do período da campanha, mas ainda não quitaram as multas.

E como nosso objetivo principal é a solidariedade, as Bibliotecas também receberão doações espontâneas. O inverno está chegando, participe!

Confira o regulamento da campanha

 

No Dia da Toalha, relembre obras do universo Nerd

O-Guia-do-Mochileiro-das-Galáxias.jpg

O dia de 25 de maio é conhecida em diversos países do mundo como o Dia da Toalha ou dia do Orgulho Nerd.  O dia foi escolhido em referência ao clássico livro “Guia do Mochileiro das Galáxias”, de Douglas Adams, aonde a toalha é um item indispensável para a sobrevivência em uma viagem intergalática, a obra é uma das mais populares entre o público Geek. E nada é por acaso, pois no dia 25 de maio de 1977 acontecia a primeira exibição de ‘Star Wars’ em circuito comercial nos Estados.

Mas afinal, o que é ser Nerd? Nerd é um conceito genérico, que define quem se interessa muito por determinado tema e busca aprofundá-lo o máximo possível, fazendo desses universos partes de sua vida. Dentro da expressão há várias derivações, como os Geeks, aficionados por tecnologia, os Trekkers, amantes do Star Trek, os Gamers, ficcionados por video game, os Otaku, que curtem a cultura japonesa, e muitos outros.

As Bibliotecas da UCS contam com diversos livros da cultura Nerd, confira abaixo e retire o seu:

– Stars Wars: A trilogia (821.111(73)-311.9 L933s)  George Lucas, Donald Glut, James Khan  

  – Star Wars : aftermath  (821.111(73)-311.9 W469s)Chuck Wendig 

– O Fim da Eternidade (821.111(73)-311.9 A832f 2007) – Isaac Asimov 

– Doctor Who  (821.111-311.9 R644d) Gareth Roberts 

– Guia dos Mochileiros das Galáxias (821.111-311.9 A211ga)  – Douglas Adams

Anunciados os vencedores do 51º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul

19151971.jpg
Foto: Jonas Ramos / Agência RBS

Foram anunciados nessa terça-feira(23) os vencedores do 51º Concurso Anual Literário de Caxias do Sul. A maior premiação foi dada a a Poema-casa, de Bernardethe Pierina Ghidini Zardo, na Categoria Obra Literária (Prêmio Vivita Cartier).

Outros premiados foram Roberta Rech Mandelli, com os textos Teus Tons de Verde, Passarela e Enterro, na categoria contos, com Mudei, Se você fosse embora e A décima segunda vez que fomos derrotados pelas lembranças, na categoria Poesia. e Maya Falks, com Eu, jardim, Pretinho e Eu não estou na lista, na categoria crônica.

Na comissão avaliadora do prêmio estavam os escritores  Dinarte Albuquerque Filho, Natália Borges Polesso e Valesca de Assis. A premiação será no dia 6 de junho, às 19h30min, no Café Do Arco da Velha, na Casa da Cultura.

Saiba as bibliotecas que vão fechar no feriado de N. Sra. do Caravaggio

empréstimo (5).png

Em virtude do feriado de N. Sra. do Caravaggio, as Bibliotecas Central, do Campus 8, Campus da Hortênsias e de Farroupilha, não terão atendimento nos dias 26 e 27 de maio. As unidades retornam normalmente com suas atividades na segunda-feira, dia 29.

Avaliação Online já está disponível para a comunidade acadêmica

Avaliação-Online-2017-2-768x548.jpg

A avaliação online 2016/02 já está disponível. O questionário pode ser respondido desde o dia 19 de maio até o dia 19 de junho.

Na avaliação, os estudantes podem avaliar a infraestrutura do seu bloco e da Universidade, bem como o desempenho dos seus professores, além do aproveitamento nas disciplinas presenciais, semi-presenciais e EAD. Alunos em estágio de término de graduação também podem responder um questionário específico, onde é possível escrever sobre sua experiência com o curso e suas perspectivas de futuro na área profissional.

Os funcionários técnico-administrativos das bibliotecas, secretarias e laboratórios que interagem mais diretamente com os alunos e professores dos cursos de graduação também participam do processo avaliativo .

Sua contribuição no processo de avaliação é fundamental, pois elas vão contribuir para que possamos aprimorar ainda mais as condições de ensino e infraestrutura da Universidade; este método, é utilizado desde o ano de 2002, tendo seus resultado servido como base para o planejamento da instituição.

Para responder o questionário, basta acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), através do UCS Virtual.

Gaúcha Natália Polesso será a Patrona da 33ª Feira do Livro de Caxias do Sul

23306044.jpg

Natália Borges Polesso será a Patrona da 33ª Feira do Livro de Caxias do Sul. A escritora gaúcha, nascida em Bento Gonçalves e radicada em Caxias, é reconhecida nacionalmente, já tendo conquistado dois prêmios Jabutis, um Açorianos, entre outros. O nome da escritora foi divulgado ontem, quinta-feira, pela Comissão Organizadora do evento, poucos dias depois de a autora, de 35 anos, figurar na Lista Bogotá39, que elege os 39 melhores jovens escritores da América Latina.

Já a homenageada desta edição será a bibliotecária Maria Nair Sodré Monteiro da Cruz, 62 anos. Natural de Recife-PE, Maria já trabalhou na Biblioteca da Universidade de Caxias do Sul no fim da década de 1980.

A 33ª Feira do Livro de Caxias do Sul acontece nos dias 29 de setembro a 15 de outubro, e neste ano, voltará a ser realizada na Praça Dante Alighieri.

Foto: Marcelo Casagrande / Agência RBS

“Café com Poesia” na Biblioteca Central

leia uma poesia-1.jpg

Já pensou em chegar na biblioteca e ler uma poesia, tomando um café? Pois essa é a mais nova ação da Biblioteca Central da UCS: “Leia uma poesia… Tome um café”, confira abaixo como vai funcionar:

Onde: No hall de entrada da Biblioteca da UCS

Quando: Quarta-feira, 17 de maio

Horário: 9h às 10h / 14h às 15h / 18h às 19h

Como: Com o objetivo de incentivar a leitura e tornar a biblioteca um lugar ainda mais acolhedor, inclusive culturalmente, serão colocadas poltronas na recepção da biblioteca e térmicas contendo café. O espaço será como uma sala de leitura e lazer.

Para mais informações, acesse o evento do Facebook e aproveite para confirmar presença e compartilhar com os seus amigos! Não deixe de conferir esta atividade, esperamos por vocês! =)

8 grandes mães da Literatura

Como reflexo que é das relações humanas, a arte literária se alimenta de grandes personagens femininas, mulheres que através de palavras se tornam reais – ao menos para os leitores, que rapidamente as identificam com a mãe que tiveram.

Ainda sobre maternidade, é bacana ler o que Clarice Lispector falou ao Jornal do Brasil em 1967:

“Aliás uma pergunta que me fez: o que mais me importava – se a maternidade ou a literatura. O modo imediato de saber a resposta foi eu me perguntar: se tivesse de escolher uma delas, que escolheria? A resposta era simples: eu desistiria da literatura. Nem tem dúvida que como mãe sou mais importante do que como escritora.” Abaixo, uma lista com 8 grandes mães da Literatura:

Catelyn Stark – As crônicas de gelo e fogo, de George R.R. Martin ( 821.111(73)-312.9 M381d)

Catelyn-Stark-game-of-thrones-20155606-1280-720-690x388.jpg

Certamente a mãe que mais sofre na série de livros criada por George R.R. Martin – a Cersei também sofre, mas quem tem pena dela? Sem oferecer spoilers gratuitos, ser um Stark na série As crônicas de gelo e fogo é ser um sofredor. Catelyn precisa lidar com um filho bastardo do marido, com a separação de seus próprios filhos, com a perda do homem de sua vida e, ainda, com disputas políticas. É muito mais do que o coração de uma mãe pode aguentar, nem parece possível que ela sobreviva à trama sanguinária escrita por Martin. Mas é uma mãe por quem vale a torcida.

Molly Bloom – Ulysses, de James Joyce (821.111(415)-31 J89u) 

0da0fb41-5294-49a4-b63d-37025894a16f.jpg

Molly é a esposa infiel do famigerado Poldy Bloom em Ulysses. No entanto, quando peguei o calhamaço de Joyce e mergulhei nas 24 horas de Bloom, mais do que a infidelidade, me chamou a atenção o quanto Molly é mãe – em partes, até do próprio Bloom. A dor da perda de Rudy retumba entre o casal, que não consegue superar a ausência do filho. Na minha leitura, é até daí que sai toda a loucura da Molly e sua infidelidade: como substituir o filho morto? Como viver e ser feliz depois de perdê-lo?. Por isso, é uma mãe pela qual tenho um carinho enorme, apesar (e talvez exatamente por causa) da verborragia.

Eva Katchadourian – Precisamos Falar sobre Kevin, de Lionel Shriver (821.111(73)-31 S561p)

tilda-swinton-in-we-need-to-talk-about-kevin-690x457.jpg

Se ser mãe é padecer no paraíso, a vida de Eva após a maternidade está mais para inferno. A americana bem sucedida, dona de uma empresa de viagens, é casada com Frank, por quem é apaixonada, e quer levar uma vida de aventuras. Sua vontade de ter filhos é inversamente proporcional ao seu medo da criança que possa pôr no mundo. Medo justificado quando o psicopata Kevin se torna um desafio constante aos poucos instintos maternais de Eva. Frank não ajuda muito, preferindo bancar o papai bonzinho e bobalhão, e nem mesmo a vinda da segunda filha, a doce e acanhada Celia, consegue amenizar a situação. Kevin, com 16 anos, executa, então, seu ato final, realizando um massacre em sua escola, e é preso. Eva fica sozinha, relembrando o passado, remoendo a culpa, entrando em contato com seu mundo íntimo, tentando entender o que aconteceu e estabelecer, ainda que tardiamente, seu grau de conexão com o filho assassino. Um ótimo exemplo de relacionamento doentio entre mãe e filho, com graves consequências.

Dona Sebatiana – Terra Vermelha, de Domingos Pellegrini ( 821.134.3(81)-31 P386t)

TERRA_VERMELHA_1301597236P.jpgEla acha o nome feio, então fica só Tiana. É a mulher central de Terra Vermelha, romance de Domingos Pellegrini. No início da história já sabemos como ela segura a família: o marido se quebra de emprego a outro e ela nada exige, reponde por seus poeminhas “está escrito no rosto quem trabalha porque precisa e quem trabalha por gosto”. Quando a família começa a crescer, não há queixa da dupla jornada. Depois tripla, quando ela e o marido abrem a pensão. Ela é quem convive mais de perto com os moradores da Londrina em construção na metade do século XX, período da história do livro, de nativos e estrangeiros aprendendo a andar com os pés na terra.

Ana – Amor, de Clarice Lispector ( 821.134.3(81)-34 L771L)

Clarice-Lispector-Laço-de-Família.jpgAna é uma dona de casa que sente orgulho pela escolha que fez e pelo papel que se sucumbira dentro do mundo sistematizado. Aliás, o mundo sistematizado de Ana restringe-se ao papel de mãe, esposa e dona de casa. A rotina diária que a torna responsável de um lar, onde ela limpa, passa, cozinha e cuida dos filhos e do marido – esta é a sua essência de mulher. Porém, durante uma tarde, enquanto voltava de bonde para casa, após fazer compras, seu mundo domesticado dilacera-se ao encontrar um cego mascando chiclete na calçada da rua. “E como uma estranha música, o mundo recomeçava ao redor. O mal estava feito. Por quê? Teria esquecido que havia cegos? A piedade a sufocava, Ana respirava pesadamente. Mesmo as coisas que existiam antes do acontecimento estavam agora de sobreaviso, tinham um ar mais hostil, perecível… O mundo se tornara de novo um mal-estar. Vários anos ruíam, as gemas amarelas escorriam. Expulsa de seus próprios dias, parecia-lhe que as pessoas na rua eram periclitantes, que se mantinham por um mínimo equilíbrio à tona da escuridão – e por um momento a falta de sentido deixava-as tão livres que elas não sabiam para onde ir. Ana se agarrou ao banco da frente, como se pudessem ser revertidas com a mesma calma com que não o eram.” Em seguida, a personagem clariciana acaba seguindo desorientada até o jardim botânico, onde obtém uma nova epifania – sendo este um dos momentos mais promissores desta curta narrativa. Resumindo, esta é a estória de uma dona de casa que (re) descobre uma nova realidade fora de sua zona de conforto, volvida pela alienação.

Sra. Bennet – Orgulho e Preconceito, de Jane Austen (821.111-31 A933o) 

LosHombresdJA-Bingley_Sra.Bennet.jpg

Afinal seria muito romântico falar apenas de mães “boazinhas” da literatura. A Sra. Bennet é o tipo de mãe que nenhuma filha, principalmente se você vivesse na era vitoriana, gostaria de ter. Além de orgulhosa, fofoqueira e dramática, a Sra. Bennet acaba prejudicando a imagem angelical de sua filha Jane, e da astuta Elizabeth, ao dar mostras de sua personalidade. Pois qual rapaz gostaria de entrar numa família com tal sogra? Mesmo assim, a Sra. Bennet, na forma como é descrita por Jane Austen, é uma personagem que chama a atenção.

Sinha Vitória – Vidas Secas, de Graciliano Ramos (821.134.3(81)-31 R175v) 

vidas-secas-mae.jpgÉ a principal personagem a representar a saga da mulher sertaneja e retirante na literatura brasileira. Através de seu olhar, de suas falas e de sua indignação existe a denúncia contra a degradação humana, que permeia todo o romance. Ela é apresentada como uma mulher forte, carrega mais peso e é quem toma as iniciativas. É a personagem que mais fala, inclusive reclama da situação de sua família; a retirante fala, descrente, que nunca chegarão a lugar algum, mas indica o melhor caminho a seguir. Também é quem distribui a pouca comida à família e, infelizmente, é ela que mata o papagaio de estimação para que não morram de fome. Sinha Vitória é uma grande mãe, até mesmo para o marido, pois suas atividades estão relacionadas a ajudar na sobrevivência de todos, é ela quem cuida de quase tudo: cuida dos meninos e do marido, arruma suas roupas, toma conta do dinheiro, faz as contas para o ajuste com o patrão e diz o que fazer com o dinheiro. Além de tudo isso, dá proteção psicológica à família nas situações mais difíceis. Uma grande mãe e uma mulher simples, seus sonhos são, basicamente, uma vida melhor para sua família, um par de sapatos de verniz e uma cama de couro.

Molly Weasley – Harry Potter, de J. K. Rowling (821.111-312.9 R884ha) 

Molly-molly-weasley-28762673-640-427.jpgSeria imperdoável falar das mães e não citar a valorosa Molly Weasley, da série Harry Potter. Mãe de sete filhos: Gui, Carlinhos, Percy, os gêmeos Fred e Jorge, Rony e Gina, além do grande amor que nutre pela sua prole, Molly ainda abre o seu coração a todos que necessitam de um lar. Um exemplo mais do que óbvio: Harry Potter. É Molly quem o ajuda a comprar materiais escolares e uniformes, é ela quem manda presentes de Natal ou prepara um delicioso jantar. Certamente, Lilian Potter estava com o coração tranquilo ao ver a dedicação para com seu pequeno Harry. Sempre protegendo e mimando os filhos (no bom sentindo), a sra.Weasley, além de mãezona, é uma grande mulher: membro da Ordem da Fênix, lutou bravamente contra o Lord das Trevas e revelou um lado até então desconhecido quando tentaram matar sua filha. Decididamente, Molly é uma Mãe com M maiúsculo.

Fonte: Homo Literatus

Feriado no Sistema de Bibliotecas UCS

empréstimo (4).png

Em virtude do feriado do Dia do Trabalhador, o Sistema de Bibliotecas da Universidade de Caxias do Sul informa que não haverá expediente no dia 01 de maio (feriado nacional). A partir de terça-feira (2), retornamos com os horários normais de funcionamento.

Desejamos um ótimo feriado a todos! =)

EDUCS lança e-book “Fontes Diplomáticas: Documentos da imigração italiana no RS”

FONTES-DIPLOMATICAS-683x1024.jpg

Organizado pelos professores Vania Beatriz Merlotti Herédia, da UCS,  e Gianpaolo Romanato, da Universidade de Pádua (Itália), o e-book “Fontes Diplomáticas: documentos da imigração italiana no Rio Grande do Sul” será lançado pela EDUCS nesta quarta-feira, dia 26 de abril, às 16 horas, no saguão a Reitoria, no Bloco A, no Campus-sede.

A publicação contempla 25 boletins publicados pelo Ministério de Relações Exteriores, os quais versam sobre o Rio Grande do Sul, no período de 1878 a 1913. A reunião desses boletins foi feita com a colaboração da Biblioteca da Banca D’Itália em Roma, da Universidade de Pádova e da UCS. Além dos boletins, a obra inclui a legislação de 1901, editada pelo Ministério das Relações Exteriores e a legislação sobre emigração e imigração, que regulamenta as terras públicas, no Estado do Rio Grande do Sul, o que oportuniza informações sobre a regulamentação da emigração no período”.

Vania Beatriz Merlotti Herédia bacharel e licenciada em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1984). Doutora em História das Américas pela Universidade de Gênova. Pós-doutora em História Econômica pela Universidade de Pádova (2002) e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2013), e também, professora de graduação e pós graduação pela UCS.

Gianpaolo Romanato é professor de História Contemporânea na Universidade de Pádua e membro, desde 2007, do Pontifício Comitê de Estudos Históricos (Cidade do Vaticano). Seus temas de estudo são, em particular, a história do catolicismo nos séculos XIX e XX, a história das missões na África e na América Latina e a história da emigração.

Fonte: UCS

Adaptação: Pedro Rosano