Fotos-livrosSeparamos 5 livros que chegaram recentemente ao nosso acervo para quem está procurando novas leituras:

  • O inferno somos nós: do ódio à cultura de paz – Leandro Karnal; Monja Coen. Número de chamada: 159.947.4 K18i 2018

O historiador Leandro Karnal e a Monja Coen (…)lembram que o medo pode estar na origem da violência e apontam como conhecimento, de si e do outro, é capaz de produzir uma nova atitude na sociedade, menos agressiva e mais acolhedora.

  • Se não eu, quem vai fazer você feliz? minha história de amor com Chorão – Graziela Gonçalves. Número de chamada: 821.134.3(81)-94 G635s 2018

Este livro de memórias, além de ser uma declaração de amor a Chorão, ajuda a entender os motivos que o transformaram num dos nomes mais idolatrados do rock nacional. Graziela relembra o começo de relacionamento, quando dividir um cachorro-quente era o maior luxo a que os dois podiam se dar, até o estrondoso sucesso da banda.

  • Um dia ainda vamos rir de tudo isso – Ruth Manus. Número de chamada: 821.134.3(81)-94 M294d 2018

Ruth Manus possui o raro talento dos cronistas capazes de produzir textos instigantes a partir de assuntos banais (…). Mas talvez mais notável ainda seja a capacidade incomum de Ruth de escrever com sagacidade e sutileza sobre assuntos nada banais: padrões estéticos, Direito do Trabalho, machismo e outras questões contemporâneas não só pertinentes como necessárias.

  • 21 lições para o século 21 – Yuval Noah Harari. Número de chamada: 316.42 H254v 2018

Num mundo repleto de informações irrelevantes, clareza é poder. Se não há mais restrição ao fluxo de ideias, a lógica da censura parece ter sido subvertida: o excesso de conteúdo a que as pessoas estão expostas diariamente inunda-as de desinformação e distrações. 21 lições para o século 21 faz uma travessia por essas águas turvas e confronta alguns dos temas mais urgentes da agenda global.

  • O buraco da agulha – Ken Follett. Número de chamada: 821.111-311.6 F667b 2018

Na obra-prima que lhe garantiu, há 40 anos, a entrada no cenário da literatura, Ken Follet fisga o leitor desde a primeira página, com uma trama repleta de suspense, intrigas e maquinações do coração humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s