livro-sim-shonda

“Você nunca diz sim para nada”. Esta frase foi dita pela irmã da aclamada roteirista de séries como Grey’s AnatomyPrivate Practice e Scandal, Shonda Rhimes. Foram estas seis palavras que fizeram ela, aos 41 anos, topar um desafio: dizer sim para tudo aquilo que a assustava — desde cuidar melhor da saúde até aceitar fazer um discurso em público. O livro “O Ano em Que Disse Sim” é a nossa sugestão para o #desafiobiblioucs deste mês!

1. Não se distancie das suas origens
Eis uma grande lição: tente não se distanciar da sua família. Ou da família que você escolheu para si. São essas pessoas que te amam incondicionalmente, para além do sucesso que você faz. Manter o pé no chão é sempre uma boa forma de lidar com o sucesso. E também com o(s) fracasso(s).

2. Nunca deixe de acreditar no seu potencial
Em “O Ano em Que Disse Sim”, Shonda conta que a criação de Grey’s Anatomy partiu da ideia de tornar o “mundo da televisão” parecido com o mundo real. Na série, há pessoas de todas as cores, gêneros, passados e orientações sexuais. “Escrevi todos eles como se fossem… pessoas”. Na época, os executivos das emissoras americanas diziam que esse tipo de trabalho não podia ser feito na TV. O sucesso da atração, que está em seu 14º ano, provou que eles estavam errados. Acredite nas suas ideias – ainda que as circunstâncias indiquem o contrário.​​​​​​

3. É preciso fazer, levantar e ir à luta
O que te impede de brilhar? Pela vivência de Shonda, vemos que é mais que comum ficar na zona de conforto sonhando. “Acho que muita gente sonha. E, enquanto estão ocupadas sonhando, as pessoas felizes de verdade, as pessoas bem-sucedidas de verdade, as pessoas realmente interessantes, poderosas, engajadas estão ocupadas, fazendo.” E ela insiste: “sonhos não se realizam apenas porque você os sonha. É o trabalho árduo que faz as coisas acontecerem”.

4. Você não vai conseguir fazer tudo. E tudo bem
Até a Shonda Rhimes admite que é impossível dar conta de tudo, por que ainda insistimos que vamos conseguir? Ou pior, porque sofrer quando não damos conta? “Shonda, como você faz tudo isso? A resposta é: não faço.(…) Se eu estou fazendo sucesso em uma [área da vida], inevitavelmente fracasso em outra.” Ou seja: “Qualquer um que diga que está fazendo tudo perfeitamente é um mentiroso”.

5. Diga ‘sim’ ao seu corpo                                                                                                        O fato é que, assim como muitas mulheres, ela não se sentia feliz e confortável no próprio corpo. E não era só sobre emagrecer ou engordar. Era se permitir gostar do próprio corpo, gordo ou magro. O antídoto para a Shonda “sombria e complicada” ela encontra ao dizer “sim” à tudo aquilo em que ela estava dizendo “não”. Olhar com amor para si mesma é uma delas.

6. Honre as mulheres à sua volta
Porque, provavelmente, assim como Shonda Rhimes, elas poderão te dar respostas para as questões que você está vivendo no momento. E ela dá a própria lição para outras mulheres: “Não peça desculpas. Não explique. Jamais se sinta inferior. Quando você sente a necessidade de pedir desculpas ou explicar quem é, significa que a voz em sua cabeça está contando a história errada. Comece do zero. E reescreva.”

7. Não. Não existe adiantar trabalho!
Este texto diz que “a autodisciplina em si pode ser produto da ansiedade de alguém que não sabe lidar com o desconforto de deixar as coisas incompletas. Dessa forma, é muito mais uma condenação do propriamente que uma escolha.” É como se passássemos a vida dando check em uma lista de afazeres. O ponto é que a lista não termina nunca e para continuar vivendo é preciso apenas ignorá-la de vez em quando. E abrir espaço para o que não está nela.

8. Todos precisamos de mais amor
São essas horinhas de afeto e de troca com as pessoas que nos amam que nos dão ânimo para todas as tarefas que demandam nossa energia. Ela escreve: “Quanto mais eu brinco, mais feliz eu fico no trabalho. Quanto mais feliz estou no trabalho, mais relaxada eu me torno. Quanto mais relaxada eu me torno, mais feliz fico em casa. E fico melhor nas brincadeiras com as crianças”. E para deixar claro. “Realmente, é apenas amor. Todos precisamos de um pouco mais de amor. De muito mais amor.”

Fonte: Huffpost

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s