pai-filho-empreender.jpg

Amor, alguns conflitos, companheirismo, superação, saudade e mais uma gama de sentimentos, podem fazer parte do relacionamento entre pai e filho. Neste dia, reunimos obras literárias que contam tudo isso e que prometem auxiliar, motivar até mesmo emocionar a quem lê. Confira abaixo nossas sugestões e retire seu exemplar.     O Sistema de Bibliotecas deseja a todos os pais um feliz dia!

FILHO ETERNO – 821.134.3(81)-31 T355f

filhoeternofinal.jpgNum livro corajoso, Cristovão Tezza expõe as dificuldades, inúmeras, e as saborosas pequenas vitórias de criar um filho com síndrome de Down. O autor aproveita as questões que apareceram pelo caminho nestes 26 anos de Felipe para reordenar sua própria vida: a experimentação da vida em comunidade quando adolescente, a vida como ilegal na Alemanha para ganhar dinheiro, as dificuldades de escritor com trinta e poucos anos e alguns livros na gaveta, e a pretensa estabilidade com o cargo de professor em universidade pública.
Com precisão literária para encadear de maneira clara referências de anos e situações tão díspares, Cristovão Tezza reforça, com a publicação de O filho eterno, seu lugar entre os maiores escritores brasileiros.

O PAPAI É POP – 821.134.3(816.5)-94 P581p

download.pngEntão, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço pra criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. No fundo, o que importa mesmo, como os textos divertidos e emocionantes de Papai é Pop mostram, é você estar com seus filhos, não pensando em outra coisa, mas estar lá. De verdade.

ÉTICA PARA MEU FILHO –  17 S266e

_84c3bab15af43c8ca39ed385c20803e57a014004.jpgNa primeira parte deste livro, tenta-se esboçar uma antropologia da liberdade humana, atendendo a seus condicionamentos biológicos e simbólicos, suas razões e suas irremediáveis incertezas. Trata do livre arbítrio, sujeito a tantas atribulações, mas cheio de ímpeto criativo, e estuda as instituições da liberdade na técnica, na ética e na política.
A segunda parte, passa do teórico ao mais prático e se concentra em diversas escolhas recomendadas pelo autor para enfrentar melhor nosso destino humano nas circunstâncias atuais: a verdade e o prazer, a política e a educação cívica, o menosprezado valor da humanidade e a aceitação humilde de nossa contingência.

DEVOÇÃO – 821.111(73)-94 H869d

download.jpg

Nada é impossível.
Essa é a mensagem contida na história que narra a trajetória de Dick e Rick Hoyt, um pai e um filho que se uniram para compartilhar – mais que uma paixão em comum – uma ligação de amor e apoio incondicional de um para o outro que os levou a realizar feitos que, no mínimo, extrapolam o imaginável. Símbolos de coragem, Dick e Rick servem de inspiração não apenas para todas as pessoas com algum tipo de deficiência, mas sim para todos nós.

OS DEMÔNIOS DE HENRY – 929:616.895.8 C665d

OS_DEMONIOS_DE_HENRY_1318550292B.jpgOs sinais foram chegando aos poucos: comportamento excêntrico, ambientes em total desordem, objetos eletrônicos que, de uma hora para outra, pareciam ameaçadores. Mas o jornalista Patrick Cockburn só teve certeza de que seu filho Henry sofria uma grave doença mental quando foi informado pela mulher, em 2002, enquanto cobria a queda do regime Talibã, em Cabul, que o rapaz quase morrera ao se jogar de roupa em águas praticamente congeladas. ‘Os demônios de Henry’ é o relato de uma família em busca do tratamento para a esquizofrenia. Patrick conta a história em detalhes: as quedas e melhoras, as muitas internações, a dificuldade em convencer o filho a tomar os medicamentos, enquanto para ele imaginação e realidade se misturavam até o ponto de ser impossível dissociar uma da outra. Uma história que mostra um jovem lutando para regressar de sua viagem pela loucura e uma família aprendendo a lidar com essa situação inesperada e aterradora.

AOS MEUS FILHOS: AS ÚLTIMAS CARTAS DE UM PAI-  821.111(73)-31 C594f

b72eb477605ea0a573a171e470f68665ee48783d.jpgUm homem no auge de sua carreira, prestes a assumir um importante cargo no Exército americano. Um pai de família, com uma esposa que é sua melhor amiga e três filhos pequenos. Tudo parecia bem na vida de Mark M. Weber, até que ele recebeu um terrível diagnóstico: um câncer gastrointestinal arrasador. Diante dessa notícia, qualquer pessoa teria mil razões para se sentir deprimida, para achar que nada mais vale a pena. Mas não Mark. Um guerreiro nato e persistente, ele decidiu lutar contra com todas as suas forças. E mais do que isso: preocupado em não estar presente na vida de seus filhos nos anos seguintes, resolveu escrever a eles uma série de cartas, cheias de lições sobre coragem e medo, palavras e ações, orgulho e humildade, seriedade e bom humor. “Aos meus filhos” é um testemunho apaixonado de um pai e a emocionante história de vida de um homem, que vai deixar uma marca no coração não apenas de seus filhos, mas de cada um dos leitores, inspirando a todos a construir uma vida melhor.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s