Conheça 7 livros que te ajudarão a entender política

Estamos às vésperas das eleições municipais e mais do nunca, faz-se necessário entender a política e o seu funcionamento, afinal, este entendimento auxilia na construção de nossas opiniões e no bom exercício da democracia. Abaixo, 7 livros que abordam esta temática, confira:

A REPÚBLICA – Platão. 

Número de Chamada: 19PLATÃO P716r

politica1.jpgGirando em torno do tópico justiça, Platão moldou a ideia básica do que temos deste sistema, incluindo suas contradições e problemas. Imaginando Calípole, o autor discutiu todos os prós e contras do sistema, de como torná-lo mais eficiente, entre outros pontos. Escrito como diálogos, é uma boa introdução ao tema, além de mostrar que política não é um tópico isolado de outros da área de ciências humanas. Se a visão platônica lhe parecer um tanto fascista, lembre que esta foi a primeira obra ocidental a questionar e analisar a política em toda sua complexidade social.

 

O LEVIATÃ – Thomas Hobbes

Número de Chamada: 19HOBBES H682L

politica2.jpgEscrito no século XVII na Inglaterra, O leviatã trata de um tema importante dentro da política: o contrato social. Composto em meio ao caos social da Inglaterra, atravessada por anos de Guerra Civil e problemas políticos que a originaram e que eram originados dela, Hobbes propôs um governo soberano. Baseando-se na ideia de Bellum omnium contra omnes (a luta do homem contra o homem), ele propõe esse contrato social e escolhe a centralização do poder num modelo absolutista enquanto analisa todos os benefícios e malefícios em todas as instâncias da sociedade (política, religião, poder, entre outros). Um bom texto para entender que se deve abrir mão certas liberdades para que haja o bem comum.

 

A DEMOCRACIA NA AMÉRICA – Alexis de Tocqueville 

Número de Chamada: 321.7(73) T632d

politica e.jpg

Tocqueville era um monarquista convicto, ele mesmo um aristocrata. Depois de um longo período na América do Norte, ele descreve o novo sistema que surge na então jovem nação chamada Estados Unidos da América no início do século XIX, opinando sobre suas características, vantagens e desvantagens. Uma longa e complexa visão sobre o novo sistema, mostrando que a propensa liberdade talvez seja mais um artificio político da democracia do que um fato real, a obra nos apresenta muito bem o que era o jogo político dos homens livres. Além disso, previu por meio da observação, que esta nação, bem como a Rússia, teriam papel importante na atuação política do mundo inteiro. Uma obra sobre o tema política que deveria ser lida por todos.

MANIFESTO COMUNISTA – Karl Marx 

Número de Chamada: 330.85 M392m

politica 4.jpg Nessa obra curta, Marx expõe a visão política do que é o comunismo, suas razões de ser e por quais meios agir. O livro traz a compreensão do que é a base da esquerda contemporânea, sua política e o porquê seu pensamento se mantém importante e influente para entender a conjuntura política mundial.

 

 

O CONTRATO SOCIAL – Jean-Jacques Rousseau

Número de Chamada: 19ROUSSEAU R864ca

politica 6.jpgPartindo do mesmo pressuposto de Hobbes e outros, o autor suíço aponta que o problema não é o homem, e sim a sociedade na qual vive. Esta o obriga a se degenerar.  Se Hobbes propunha a submissão do indivíduo às instituições políticas, Rousseau comenta que o contrato social é um acordo coletivo para que se crie uma sociedade igual, não submissa. As funções e obrigações do Estado são amplamente discutidas, o que pode, quem sabe, clarear algumas ideias como a de que, pelo bem de todos, devemos perder a nossa liberdade política e social.

A RIQUEZA DAS NAÇÕES – Adam Smith

Número de Chamada: 330.1 S642i

politica 5.jpgMesmo sendo uma obra mais voltada à economia do que à política, não deixa de ser interessante de ver como Adam Smith, ao analisar e projetar o nascente capitalismo, percebeu, e até mesmo apontou, a sua interdependência com a política, os problemas dessa relação incestuosa e as consequências negativas para um e outro quando o contato feito foca apenas a vantagem individual. Adam Smith mostrou como política e economia são interdependentes e devem sempre ser vigiadas enquanto conjunto e áreas separadas. A influência excessiva de uma sobra a outra, não importando o vetor, pode causar grandes estragos sociais, econômicos e políticos.

O PRÍNCIPE – Maquiavel 

Número de Chamada: 32 M149pr

politica 7.jpgSe você quer realmente conversar sobre política em qualquer nível, deve ler e reler O príncipe. Sistematicamente, Maquiavel apresenta o fato de que política é um meio duro, no qual quem quer sobreviver deve ser temido, não amado. Política não depende de justiça ou de bem feitorias, antes dos jogos de poder entre quem está no comando político e quem quer tomar este. Maquiavelismo não significa uma visão dura e fria dos fatos no mal sentido do termo. Maquiavelismo significa uma visão fria e dura dos fatos enquanto eles são: um jogo duro e nada justo que foca o poder, como mantê-lo ou alcançá-lo.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s