king

Que o Stephen King é um dos autores mais produtivos e bem sucedidos dos dias de hoje não é novidade. Mas será que ele tem algum segredo para escrever tantos livros assim (só em 2014 King lançou DoctorSleep, Mr. Mercedes e Survival)? Há uma resposta simples para esta pergunta: não, não há um segredo. Mas, sim, há toda uma história de dedicação e perseverança que encontramos no grandeOn Writing (Sobre a escrita), livro no qual King conta sobre como começou a se interessar pela escrita, seus métodos e rotinas de escrita, e em meio a tudo isso, sobre a história de sua vida, sobre como a escrita o salvou e, sobre como, apesar de muitas dificuldades, incluindo sérios problemas com alcoolismo e drogas, ele nunca desistiu.

Aqui listarei algumas das melhores citações do mestre King neste que, apesar de não ser ficção, considero um de seus melhores livros. (Como eu li o livro em inglês, coloquei aqui as citações originais seguidas de uma tradução livre, que difere da que foi mais recentemente lançada no Brasil.)

1. “Books are a uniquely portable magic.”

“Os livros são uma forma única de magia portátil”

2. “Writing is not life, but I think that sometimes it can be a way back to life.” 

“Escrever não é vida, mas acho que às vezes pode ser um caminho de volta à vida.”

3. “Words create sentences; sentences create paragraphs; sometimes paragraphs quicken and begin to breathe.” 

“Palavras formam frases, frases formam parágrafos e, às vezes, parágrafos acordam e começam a respirar.”

4. “It starts with this: put your desk in the corner, and every time you sit down there to write, remind yourself why it isn’t in the middle of the room. Life isn’t a support system for art. It’s the other way around.” 

“Começa assim: ponha sua escrivaninha no canto e, toda vez que sentar-se para escrever, lembre porque ela não está no meio da sala. A vida não é um sistema de suporte para a arte. É ao contrário.”

5. “The scariest moment is always just before you start. After that, things can only get better.” 

“A hora mais assustadora é sempre antes de começar. Depois disso, as coisas só podem melhorar.”

6. “If you don’t have time to read, you don’t have the time (or the tools) to write. Simple as that.” 

“Se você não tem tempo para ler, então não tem o tempo (ou as ferramentas) para escrever. Simples assim.”

7. “When you write, you want to get rid of the world, do you not? Of course you do. When you’re writing, you’re creating your own worlds.” 

“Quando você escreve, você quer se livrar do mundo, não é? Claro que sim. Ao escrever você está criando seus próprios mundos.”

8. “Your job is to make sure the muse knows where you’re going to be every day from nine ‘til noon or seven ‘til three. If he does know, I assure you that sooner or later he’ll start showing up, chomping his cigar and making his magic.” 

“O seu trabalho é garantir que a inspiração saiba onde você vai estar todo dia, das nove até o meio-dia ou das sete até as três. Se ela souber, tenho certeza de que mais cedo ou mais tarde, ela vai começar a aparecer, mastigando seu charuto e fazendo sua mágica.”

9. “Writing is magic, as much the water of life as any other creative art. The water is free. So drink. Drink and be filled up.

“Escrever é algo mágico, é tanto a água da vida como qualquer outra arte criativa. E a água é grátis. Então beba-a e deixe-a preencher você.”

10. “There is a muse, but he’s not going to come fluttering down into your writing room and scatter creative fairy-dust all over your typewriter or computer. He lives in the ground. He’s a basement kind of guy. You have to descend to his level, and once you get down there you have to furnish an apartment for him to live in. You have to do all the grunt labor, in other words, while the muse sits and smokes cigars and admires his bowling trophies and pretends to ignore you. Do you think it’s fair? I think it’s fair. He may not be much to look at, that muse-guy, and he may not be much of a conversationalist, but he’s got inspiration. It’s right that you should do all the work and burn all the mid-night oil, because the guy with the cigar and the little wings has got a bag of magic. There’s stuff in there that can change your life. Believe me, I know.” 

“Existe um muso, mas ele não vai vir voando para sua sala de escrever e jogar algum pó criativo de fada pela sua máquina de escrever ou computador. Ele vive no subsolo, é do tipo de cara que gosta de ficar escondido no porão. É preciso descer até onde ele está e assim que você chegar lá vai ter que mobiliar o apartamento para o muso. Você tem que fazer todo o trabalho pesado enquanto o muso fica sentado, fumando charutos, admirando seus troféus e fingindo te ignorar. Acha isso justo? Eu acho justo. Esse muso pode não ser lá muito bonito ou extrovertido, mas ele tem inspiração. Está certo que você faça todo o trabalho duro, pois o muso tem mágica guardada com ele. Há coisas lá que podem mudar sua vida. Acredite, eu sei.”

Fonte: Literatortura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s