Neste 20 de setembro, decidimos homenagear nosso estado por meio de três de nossos escritores, Lya Luft, Mario Quintana e Érico Veríssimo. Assim, buscamos algumas curiosidades da vida dessas três personalidades, vamos à elas:

lyaluftLya Luft (1938)

  • Nasceu no dia 15 de setembro de 1938, em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul;
  • Foi tradutora e durante sua carreira traduziu para o português mais de cem livros;
  • Conheceu seu primeiro marido em uma prova de vestibular. Achou-se ridícula quando pensou: esse é o homem da minha vida!
  • Seu primeiro marido,  era um irmão marista que tirou a batina para casar-se com ela em 1963;
  • Os primeiros poemas foram reunidos no livro “Canções de Limiar” (1964);
  • Lança em 1980  um de seus livros mais aclamados,  “As Parceiras”;
  • Se considera uma mulher tímida;
  • Um de seus livros fio publicado no exterior  nos EUA – The Island of the Dead (O quarto fechado).

Saiba mais sobre essa excelente e renomada escritora.

mquintanaMário Quintana (1906-1994)

  • Nasceu em  Alegrete, um centro da cultura tradicionalista, diga-se de passagem, no Rio Grande do Sul;
  • Em 1919 mudou-se para Porto Alegre, onde estudou, em regime de internato, no Colégio Militar de Porto Alegre;
  • Em 1924, deixa a escola militar e se emprega, como atendente na livraria O Globo;
  • Trabalhou como jornalista no Jornal O Estado do Rio Grande;
  • Mario Quintana não se casou nem teve filhos;
  •  Publicou seu primeiro livro aos 34 anos;
  • Em 1940 é indicado para a Academia Brasileira de Letras;
  • Em 1980, recebeu o prêmio Machado de Assis da ABL;
  • Em 1981, foi agraciado com o Prêmio Jabuti de Personalidade Literária do Ano.
  • Houve um tempo em que Mário Quintana ficou sem ter onde morar, pois estava desempregado, foi quando o expulsaram do hotel Magestic, no centro de Porto Alegre;
  • O poeta saiu e o hotel se transformou, ironicamente, na famosa “Casa de Cultura Mário Quintana”.

Saiba mais sobre Mário Quintana aqui.

imagesÉrico Veríssimo

  • Érico Lopes Veríssimo nasceu no interior do Rio Grande do Sul, no município de Cruz Alta, no dia 17 de dezembro de 1905;
  • Quando tinha apenas 4 anos, Érico quase morreu, posto que foi vítima de meningite, agravada por uma broncopneumonia.
  • ”O continente”, primeiro volume de “O tempo e o vento”, é finalmente publicado, em 1949, recebendo muitos elogios da crítica;
  • Algumas de suas obras foram transformadas em filmes e novelas;
  • Recebeu diversos prêmios, dos quais se destacam o “Prêmio Machado de Assis” (1954), concedido pela Academia Brasileira de Letras;
  • Recebeu  em 1965 o “Prêmio Jabuti”, mais importante prêmio literário do Brasil;
  • Em 1969, a casa onde viveu em Cruz Alta tornou-se o “Museu Casa de Érico Veríssimo”.
  • Seu filho, Luís Fernando Veríssimo, seguiu os passos do pai e tornou-se um importante escritor brasileiro, o qual se destaca pelas obras de humor como “O Analista de Bagé” (1981) e “Comédias da Vida Privada” (1994).

Saiba mais sobre o autor no site.

Fonte: Releituras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s