Um conto, por si só, já é algo prazeroso de se ler. Quando o mesmo traz uma temática de suspense e horror, os amantes do gêneros fantástico podem se deliciar em uma história curta e horripilante. E simplesmente, por não ser um filme que se assiste, e sim uma leitura que faz com que as imagens e cenas se formem na mente do leitor, deixa tudo mais denso e interessante. Portanto, ai vai uma seleção de 5 contos de horror que talvez algumas pessoas não conheçam, mas que valem a pena ler:

1- O olho sem pálpebra – Philarète Chasles, 1832

444px-Philarete_Chasles_0Este conto fantástico, escrito pelo autor francês em 1832 se passa na Escócia, com a presença de elementos da crença deste povo, como duendes e fadas.  A horripilante história toma forma após o marido causar a morte da esposa ciumenta e passar pela tortura psicológica de ter um olho sempre as suas costas, seguindo por onde fosse. Nem atravessando o oceano ele foi capaz de ficar livre. E o leitor acaba por ter que imaginar um assustador olho sem pálpebra perseguindo o protagonista.

2- O homem de Areia – E.T.A Hoffmann, 1817

downloadEsse é um típico conto que pode ser contado em uma fogueira com amigos, ou até mesmo para assustar as criancinhas quando elas pedem uma história de terror. O personagem principal, Natanael, mesmo ao atingir a idade adulta, não consegue superar o medo do “Homem de Areia”, uma invenção de sua mãe, como se fosse um monstro que pegava as crianças que não dormissem logo. Como o esperado vindo de uma criança, Natanael ficou assustado e acreditava que esse monstro fosse um amigo de seu pai que ele via como um ogro que devorava os olhos das crianças. Após crescer essa imagem ainda era viva em sua cabeça e o monstro apareceu novamente, na imagem de um morador da cidade em que Natanael foi estudar. Esse delírio perturba seu romance com uma jovem (que na verdade, ele vem a descobrir algo sinistro sobre ela no decorrer da história) até ele ser levado à loucura.

3-  Solfieri – Álvares de Azevedo, 1855

alvaressO que este conto tem de curto, ele tem de horripilante e grotesco. É um conto do livro “Noite na Taverna”, em que alguns amigos se reúnem em uma taverna para beberem vinho, e lançam uns aos outros o desafio de contar a história mais medonha que conseguissem inventar. Na história que Solfieri conta, há um delirante homem que comete necrofilia. Essa mórbida atração que ele sente desencadeia um forte delírio ao roubar um cadáver e o que ele faz por fim ao descobrir que a mulher na verdade, havia sido enterrada viva. Com certeza, um conto para quem tem estômago forte.

4- A causa secreta – Machado de Assis, 1885

129355,OSim, o mais celebre autor brasileiro também tem especo na hora de falar sobre contos de horror. Em “A causa secreta”, o enfoque é o psicológico no prazer que o médico Fortunado sente em cuidar de doentes para ver o sofrimento humano. A descrição da cena em que ele pega um rato e faz o animal sofrer aos poucos das formas mais horripilantes, chega a causar um desconforto no leitor.

5- A queda da casa de Usher – Edgar Allan Poe, 1839

poeE por fim, quando se fala em contos de horror, não pode faltar nosso queridinho, Edgar Allan Poe. Muitos já leram suas obras como “O poço e o pêndulo”, “O gato preto” “O corvo” “Berenice” e etc… Mas se por acaso, o conto “A queda da casa de Usher” passou despercebido por alguém, volte, pois a descrição que faz o leitor criar a imagem da cena final em sua cabeça é algo terrivelmente inesperado. O narrador, cujo o nome não é revelado vai até a casa de Usher, um amigo doente. A casa e o estado do amigo são descritos com angustia, e após a morte da irmã gêmea de Usher e a longa espera de 15 dias para realizar o enterro (por medo de catalepsia) o grande horror acontece em um final surpreendente.

Fonte: Literatortura

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s