Entrada principal do antigo campo de Auschwitz-Birkenau

 

Historiadores do memorial de Auschwitz e funcionários de um colégio da Polônia estão procurando entender como uma lista com os nomes de 15 internos do campo de concentração foi parar dentro de um livro de uma biblioteca escolar da cidade de Łódź.

 O documento, datilografado, manchado, com bordas queimadas, foi encontrado em fevereiro dentro de um livro polonês de 1923, sobre a história das guerras, durante uma reorganização dos títulos presentes na biblioteca do Segundo Liceu de Łódź, que fica mais ou menos a 200 quilômetros da antiga instalação nazista.

“Nós não temos ideia de como ou quando isso foi colocado dentro do livro”, disse a diretora da escola, Jadwiga Ochocka, à Associated Press.

Segundo o porta-voz do museu de Auschwitz, Pawel Sawicki, embora alguns testes ainda tenham que ser realizados, não há dúvidas quanto à autenticidade da página encontrada. Para ele, essa lista representa uma das descobertas mais preciosas do pós-guerra, já que os nazistas queimaram a maior parte dos arquivos de Auschwitz quando decidiram se retirar do local, em janeiro de 1945.

“As marcas de queimadura sugerem que esse documento estava lá até o final, pronto para ser destruído”, declarou Sawicki.

Fonte: Sputnik

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s