No mundo da literatura as vezes o primeiro passo para finalmente ser reconhecido é morrer! Sim, isto pode soar tétrico, mas muitos autores esquecidos em vida depois de suas mortes acabaram por ter o reconhecimento necessário. Nesta lista 10 escritores que foram reconhecidos apenas após suas mortes:
1 – Edgar Allan Poe: A vida de Poe passou longe da felicidade. Seus trabalhos não eram bem reconhecidos, tampouco lhe rendiam dinheiro suficiente. No entanto após sua morte e o fascínio causado por ela e pela vida do autor, Poe se tornou o ícone que é hoje, cujo texto é debatido, analisado e revisto constantemente colocando-o com um dos maiores escritores de todos os tempos;
2 – Stieg Larsson: Sua trilogia, Millennion, publicada após a morte do autor em 2004 o colocou no panteão dos grandes autores, vendendo mais de 27 milhões de livros, sem falar das três adaptações para o cinema;
3 – Lima Barreto: Um dos exemplos de autores brasileiros a ser rejeita e sofrer o preconceito com seu trabalho em vida, quando não conseguia sequer custear suas publicações. Hoje com o devido reconhecimento de sua obra, é presença constante nos currículos escolares;
4 – Franz Krafka: Parece que escrever suspense e horror é inevitável aguardar a morte para reconhecimento póstumo, visto ter publicado poucas peças além de algumas obras inacabadas. Só mesmo sua partida para além deste mundo concedeu-lhe o reconhecimento e o status que possui;
5 – H. P. Lovecraft: Quem diria que o autor considerado hoje como um gênio da literatura em seu gênero, sendo inclusive considerado um dos autores mais influentes do século XX, quando em vida teve de contentar-se com um reduzido número de leitores;
6 – Oswald de Andrade: Em vida o poeta brasileiro foi muito incompreendido, muitas vezes com sua obra não sendo levada a sério. Só após sua morte os principais críticos passaram a reconhecer sua obra.

7 – Emily Dickinson
: Antes de sua morte apenas sete de seus poemas chegaram a ser publicados, e mesmo assim com forte interferência dos editores. Hoje porém sua poesia é reconhecida pelo mundo inteiro, e amplamente estudada em escola e universidades;
8 – Herman Melville: O autor até teve certo reconhecimento em seu início de carreira, mas caiu no esquecimento ao longo dos tempos, não sendo lembrado em sua velhice. Ainda assim, o próprio reconhecimento que teve inicialmente não chegou perto de sua popularidade após sua morte, especialmente a partir da década de 20. Ele nem mesmo pode ver o grande sucesso da Moby Dick, hoje dentre seus trabalhos considerado sua obra-prima;
9 – Anne Frank: Tudo bem que talvez Anne sequer pensasse ser escritora, mas o fato é que o diário da jovem morta em um campo de concentração aos 15 anos tornou-se um documento e uma das obras mais influentes da literatura, constando das principais listas de leitura em todo o mundo;

10 – Henry David Thoreau:
Autor libertário extremamente estudado, além de sua obra ter influenciado importantes líderes da humanidade como Gandhi e Martin Luther King Jr., até sua morte era desconhecido, com apenas 2 livros publicados.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s